Caríssimos, neste mês de Maio, em que a Igreja dedica sua devoção a Maria nossa mãe, fazemos memoria do papel da Virgem na história da salvação, não somente na sua presença junto a Cristo, mas também se fazendo presente junto à comunidade dos discípulos, através, principalmente, da oração: “Todos eles se reuniam sempre em oração, com as mulheres, inclusive Maria, a mãe de Jesus” (At 1,14). Nesse sentido, percebemos que Maria esta sempre se fazendo presente no meio de seus filhos, fortalecendo a vontade de Cristo.

Sabemos que a oração é fundamental a todo cristão, ela nos fortalece, e nos dá ânimo. Maria que é totalmente inclinada ao amor e a obediência a Deus deixa isso bem claro, não é atoa que em suas aparições sempre pede a oração pelo mundo, principalmente aos pecadores assim como Cristo pedia aos seus discípulos: “Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca” (Mt 26, 41). Desse modo que possamos nesse mês nos dedicarmos mais a oração e, como estamos falando de Maria, nos dediquemos também à devoção ao santo terço, principalmente rezando em família, pois toda oração possui um caráter de união, que leva ao fortalecimento dos laços, com os irmãos e com Cristo.

Seminarista Wellington1º ano de filosofia

Últimas postagens

II Encontro Vocacional com os Candidatos ao Propedêutico 2025

Veja também

O mês de maio e a devoção mariana

Veja também

Peregrinos da Esperança: Mensagem do Papa Francisco para o 61º dia Mundial de oração pelas vocações

Veja também

Seminário participa dos festejos de Nossa Senhora da Penha 2024

Veja também
Ajude o Seminário