Com o Decreto “Ecclesia Mater”, da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, publicado em 3 de março de 2018, o Papa Francisco determinou a inscrição da Memória da Bem-aventurada Virgem Maria, Mãe da Igreja, no Calendário Romano Geral.

Por meio desse Decreto, o Papa Francisco estabeleceu que, na segunda-feira depois da Solenidade de Pentecostes, detalhe bem significativo, é obrigatória para toda a Igreja de rito romano a Memória litúrgica de Maria, Mãe da Igreja. O objetivo dessa celebração está brevemente descrito no Decreto: “Favorecer o crescimento do sentido materno da Igreja nos Pastores, nos religiosos e nos fiéis, como, também, da genuína piedade mariana”.

O seminário diocesano de Colatina comemora com alegria a memória de sua padroeira: Maria, Mãe da Igreja, celebrada este ano no dia 06 de junho.

A festa será preparada por um tríduo. Confira a programação:

  • 17 de maio: terço às 18h30 e missa às 19h;
  • 23 de maio: terço às 18h30 e missa às 19h;
  • 30 de maio: teço às 18h30 e missa às 19h.

No dia 06 de junho, a missa será às 19h, presidida pelo bispo diocesano de Colatina, Dom Lauro Sérgio Versiani Barbosa, e transmitida pelas redes sociais do Seminário (Youtube / Facebook) e da Diocese de Colatina.

Venha celebrar conosco!

Últimas postagens

II Encontro Vocacional com os Candidatos ao Propedêutico 2025

Veja também

O mês de maio e a devoção mariana

Veja também

Peregrinos da Esperança: Mensagem do Papa Francisco para o 61º dia Mundial de oração pelas vocações

Veja também

Seminário participa dos festejos de Nossa Senhora da Penha 2024

Veja também
Ajude o Seminário