Os seminaristas do Regional Leste 3 vêm se dedicando, nos últimos meses, ao estudo do Conselho Missionário de Seminaristas. 

O primeiro passo foi o diálogo com os representantes da dimensão missionária das quatro casas de formação presentes no Espírito Santo: Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, São Mateus e Vitória.

A partir dessa reunião, o diálogo se estendeu até os padres formadores dos seminários. Segundo o secretário da comissão nacional do Conselho Missionário de Seminaristas (Comise), Carlos Daniel de Souza Martins, da Diocese de Colatina, os representantes que atuam na animação missionária de cada diocese buscaram os formadores para apresentar a proposta de articulação e estruturação do Conselho Missionário. “Também apresentamos o regimento e o Plano Trienal de Ação do Comise”, informou.

Seminários articulam encontros
Em maio, o Seminário Arquidiocesano Nossa Senhora da Penha promoveu um encontro justamente para apresentar o regimento interno do Comise a todos os seminaristas. “A intenção é fazer com que os seminaristas tenham conhecimento do Comise e possam organizar, em sua própria casa de formação, o Conselho Missionário, visando a fortificação da animação e articulação missionária na formação presbiteral”, explicou Carlos Daniel.

O Seminário Maria Mãe da Igreja, da Diocese de Colatina, incentivado por seu reitor e orientador de pastoral, também promoveu um bate-papo, que aconteceu na última quinta-feira (9/6) com o mesmo tema. O grupo elegeu o seminarista Geisilan Barbosa dos Santos como articulador para impulsionar as ações dentro do seminário de Colatina.

O processo vem sendo tão frutuoso que sete seminaristas se preparam para representar o Regional Leste 3 no 4º Congresso Missionário Nacional de Seminaristas, que acontece em julho, em João Pessoa (PB).

Ajude o Seminário