Estamos vivendo na Igreja no Brasil, o 3º ano Vocacional, que tem como tema “Vocação: Graça e Missão” e lema “Corações ardentes, pés a caminho” (cf. Lc 24, 32 – 33). O objetivo é despertar uma cultura vocacional favorecendo o surgimento de todas as vocações.

Nesse contexto, a paroquia São João Paulo II, de Linhares, no último, 16/04 fez uma visita ao seminário diocesano “Maria, Mãe da Igreja”, com aproximadamente 90 adolescentes e jovens do EAC (Encontro de Adolescentes com Cristo), juntamente com alguns casais do ECC (Encontro de Casais com Cristo) e o seu Pároco, Padre Fábio Chagas.

Os adolescentes e jovens foram recepcionados com música e alegria. Rafael Dias Silva, 25 anos, destaca: “fomos acolhidos de forma muito calorosa. Um lugar de paz, tranquilidade e uma enorme calmaria”. Bruno Doano, 19 anos, também realçou: “todos que ali estavam nos acompanhando foram muito atenciosos e simpáticos”. 

Durante a vista foi apresentado o processo formativo dos futuros padres, as etapas, as dimensões e a rotina. Maravilhada com tudo isso, Leilane Pereira Loyola, 23 anos, diz:  “foi incrível conhecer um pouco a rotina espiritual e social dos nossos futuros padres, saber que para se tornar padre não é apenas uma formação qualquer e já se torna padre, porém a realidade é totalmente diferente, por trás disso tem 8 anos ou mais de estudos, dedicação, conhecimento, paciência, esforço. Conhecer um pouquinho a fundo foi incrível, saber a rotina e convivência o que eles fazem a cada dia foi bem legal.”

Além disso, foi apresentado as dependências do seminário, que causaram algumas reações positivas. Carlos H. B. Gonçalves, 21 anos, disse: “Fiquei bastante surpreso com a estrutura do seminário, encantado com a capela e a rotina dos nossos seminaristas. Feliz demais em conhecer cada um, em conhecer um pouco da vida de todos e dos desafios que enfrentam a cada dia em suas missões” e Luiza Zuqui, 21, anos, acrescenta, “a biblioteca também, achei muito legal e grande com os livros de muitos idiomas.”

Padre Fábio Chagas, destaca que essa “experiência de conduzir os jovens até o Seminário Maior Maria Mãe da Igreja foi uma experiência de grande importância pela dimensão vocacional , pois  essa interação, a alegria vivenciada no seminário trouxe para alguns jovens algumas indagações sobre como se dá o processo, dentre outras inquietações.” E acrescenta “Estar com a juventude é sempre muito positivo e esta visita ocasionou uma aproximação ainda maior. Deus seja louvado! Viva a Juventude!

Últimas postagens

Seminarista Geisilan Barbosa lança a canção “Meu Sim”

Veja também

Seminaristas participam de ação missionária diocesana em Araçuaí – MG

Veja também

Seminaristas do 2º ano de filosofia realizam ADI em Belo Horizonte

Veja também

Preparemo-nos para a vinda do senhor

Veja também
Ajude o Seminário