Ibiraçu, 29 de janeiro de 2021.

Exmo. Revmo. Sr. Dom Joaquim Wladimir Lopes Dias,

A igreja é viva e a vida implica movimento. Essa é uma das características mais marcantes de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ele não pregou apenas em um lugar, mas caminhou por diversos lugares onde precisavam Dele. Jesus passou fazendo o bem (At. 10,38). Ele não se prendeu a uma única porção do povo, mas desejou chegar a todos que tivessem coração aberto para acolhê-lo. Foi isso que o Mestre ensinou aos seus apóstolos. Chamou-os e enviou-os para a missão: “Como o Pai me enviou, assim também eu vos envio” (Jo. 20, 21).

O senhor, como bispo, é sucessor dos apóstolos e, por isso, herda do próprio Cristo a missão de evangelizar. Recebe a tríplice tarefa do ofício divino: santificar, ensinar e governar o povo de Deus. Assim como Jesus, o senhor é convidado a passar fazendo o bem, é chamado a seguir a instrução do Mestre: “Vamos a outros lugares, às aldeias da redondeza! Devo pregar também ali, pois foi para isso que eu vim” (Mc. 1,38).

Depois de quase seis anos à frente da Diocese de Colatina, é chegada a hora em que o senhor parte para uma nova missão. Confessamos que a notícia de sua transferência para a Diocese de Lorena (SP) nos pegou de surpresa. Confessamos ainda que sentimos nosso coração entristecido por ter de deixar um bispo zeloso, próximo e acessível partir. Entretanto, entendemos que tudo está nas mãos de nosso bondoso Deus. Ele age pela ação do Divino Espírito Santo, que sabe sempre o melhor para sua Igreja.

Para nós, ficará a recordação de um bispo forte, organizado e administrador. Mas muito mais do que isso, ficará a figura de um homem simples, bem-humorado, atencioso para com o povo de Deus e para com seus seminaristas. Guardaremos em nossa memória e em nossos corações os conselhos, as orientações, as visitas, as celebrações, os bate-papos, as confraternizações.

Com muita sinceridade, desejamos ao senhor um frutuoso ministério à frente de Lorena, sempre acompanhado das benção e graças de Deus. Seja para eles o que o senhor foi para nós: um pastor!

Seminário Maria, Mãe da Igreja
Diocese de Colatina (ES)

Últimas postagens

A espiritualidade no cultivo da vocação

Veja também

1° Romaria Diocesana vocacional de coroinhas ao santuário Nossa Senhora da Saúde

Veja também

Férias de Julho: Pastoral, Formação e Recesso

Veja também

Vocação: Graça e Missão – “Corações ardentes, pés a caminho” (Lc 24,32-33)

Veja também
Ajude o Seminário