No próximo domingo (21/04), o 4º Domingo de Páscoa, também conhecido como o “Domingo do Bom Pastor”, em decorrência do Evangelho de João 10, 11-18, onde Jesus se coloca como o Bom Pastor que dá a vida pelas suas ovelhas, a Igreja celebra o dia mundial de Oração pelas Vocações.

Esse ano o Papa Francisco intitula a sua carta “Chamados a semear a esperança e a construir a paz”, fazendo um apelo a todos, em uma reflexão que o Senhor faz a nós em particular: todos somos chamados a uma vocação.

Deixai-vos fascinar por Jesus, dirigi-Lhe as vossas perguntas importantes, através das páginas do Evangelho, deixai-vos desinquietar pela sua presença que sempre nos coloca, de forma proveitosa, em crise. Ele respeita mais do que ninguém a nossa liberdade, não Se impõe mas propõe-Se: dai-Lhe espaço e encontrareis a vossa felicidade no seu seguimento e, se vo-la pedir, na entrega total a Ele.

O Pontífice ainda recorda o nosso papel de responsabilidade, tanto individual como comunitário, de ser no mundo “peregrinos da esperança”, e a levar a todos a alegria do evangelho.

Ser peregrinos de esperança e construtores de paz significa fundar a própria existência sobre a rocha da ressurreição de Cristo, sabendo que todos os nossos compromissos, na vocação que abraçamos e levamos por diante, não caem no vazio. Apesar dos fracassos e retrocessos, o bem que semeamos cresce de modo silencioso e nada pode separar-nos da meta última: o encontro com Cristo e a alegria de viver na fraternidade entre nós por toda a eternidade.

Não se pode negar que Papa se faz muito feliz em sua carta, trazendo para mais um ano, uma mensagem que fortalece e favorece o caminho vocacional.

Leia a carta na íntegra (aqui)

FONTES:

CNBB

ACIDIGITAL

Últimas postagens

A espiritualidade no cultivo da vocação

Veja também

1° Romaria Diocesana vocacional de coroinhas ao santuário Nossa Senhora da Saúde

Veja também

Férias de Julho: Pastoral, Formação e Recesso

Veja também

Vocação: Graça e Missão – “Corações ardentes, pés a caminho” (Lc 24,32-33)

Veja também
Ajude o Seminário